quinta-feira, 15 de março de 2018

Rui Rio, já é líder do PSD?

Oficialmente. Na prática poucos reconhecem em Rio um líder em plenas funções.
Apesar ocupar o cargo de Presidente do PSD desde o congresso, Rui Rio ainda não parece ser efectivamente líder do partido. Na verdade e apesar do tempo ir passando, Rui Rio está mais ocupado em lidar com as polémicas do que propriamente com a liderança do maior partido da oposição.
Primeiro foi a forte contestação à escolha de Elina Fraga, ex-bastonária da Ordem dos Advogados envolvida em processos judiciais e pessoa que se repugna com as esquerdas. Agora é a vez do secretário-geral do PSD, Barreiras Duarte, ter mentido sobre as suas habilitações académicas, inventando ter sido professor convidado em Berkeley. Recorde-se que este criativo já foi chefe de gabinete de Passos Coelho e secretário de Estado Adjunto do inefável Miguel Relvas. Talvez se Barreiras Duarte ocupasse ainda um desses cargos não existiria polémica. Quem sabe?


Entre as polémicas, Rio não está a ter a oportunidade de se afirmar como líder do PSD e muito menos como líder da oposição, preferindo aproximações ao PS, deixando esse papel para Assunção Cristas. Ora, essa aproximação, ao invés das habituais críticas, custar-lhe-á caro junto da orfandade de Passos Coelho que vê em António Costa um demónio que ameaça o neoliberalismo de pacotilha que preconizam e que se aliou a outros demónios ainda mais perigosos, os tais das "esquerdas unidas". Pelo andar da carruagem, prevê-se vida curta para Rui Rio como líder do PSD.

Sem comentários: