segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Todo e qualquer sinal de decência esvaiu-se

Todo e qualquer sinal de decência morreu com o último vídeo divulgado dando conta de uma conversa de Trump que mostra a sua natureza em relação às mulheres. A boçalidade, misoginia e reveladas por Trump não são propriamente novas, mas de tão incompatíveis com o mínimo de decência não serão reproduzidas neste espaço. Já para não falar na assumpção de um crime.
O bom senso obrigaria o candidato republicano a demitir-se, mas bom senso é coisa que não abunda, pese embora o número cada vez mais significativo de republicanos a pedirem justamente o afastamento de Donald Trump. O seu parceiro de candidatura, Mike Pence, já repudiou as palavras proferidas pelo candidato republicano, mostrando um desconforto que já terá sido patente noutras ocasiões. Todavia, a nomeação de Trump é também o resultado da evolução do próprio partido Republicano.

Resta pouco a dizer sobre um homem sem qualidades, irascível, misógino, incoerente, perigoso. Resta compreender, isso sim, as razões que têm levado um número significativo de americanos a apoiarem Donald Trump. O cansaço relativamente aos políticos e a procura de um candidato anti-sistema não são suficientes para explicar como é que alguém, no seu perfeito juízo, possa depositar o seu voto e, subsequentemente, a sua confiança numa verdadeira besta. O partido Republicano deveria também fazer esta análise. 

Sem comentários: