quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Stiglitz e o assunto que ninguém quer discutir

Joseph Stiglitz, em entrevista à Antena 1, defendeu a saída de Portugal do Euro. Segundo o prémio Nobel da economia "custa mais a Portugal ficar no Euro do que sair". Stiglitz vai mais longe e diz que Portugal está "condenado" se permanecer na moeda única por não ter as "condições políticas para fazer as mudanças necessárias".
A entrevista de Stiglitz não traz nada de novo. O economista americano apenas constatou o óbvio: o Euro não traz nada de positivo à economia portuguesa, bem pelo contrário. É também evidente que ninguém, ou muitos poucos querem ter esta discussão. De resto, preferimos viver a ilusão, apenas viver a ilusão.
Ninguém sabe exactamente quais as consequências de uma saída do euro, existem alguns cenários possíveis e algumas hipóteses em cima da mesa, mas trata-se sobretudo de conjecturas. Todavia, a recusa em abordar e discutir o problema, olhando para quem o faz como se de um pária se tratasse, nada ajuda. 
Não faço a apologia da saída, mas defendo que se trata de uma questão que deve ser discutida, até porque esta pode muito bem vir a ser uma inevitabilidade.


Sem comentários: