sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Velhacaria até ao fim

O pior Presidente da República da história da democracia não perde uma oportunidade para demonstrar que a velhacaria não tem fim. Uma velhacaria que se acentuou com o surgimento de uma solução política de esquerda, encabeçada por António Costa.
Cavaco Silva tem, aliás, dois problemas que sempre o acompanharam politicamente: um é a já supracitada velhacaria; o outro prende-se com os interesses que foram essenciais para a sua ascensão e que Cavaco procura a todo o custo salvaguardar; interesses que são coincidentes com aqueles defendidos por Passos Coelho durante estes quatro anos.
A tomada de posse do XXI governo constitucional poderia ter decorrido dentro do habitual contexto de normalidade não fosse, claro está, a ameaça de Cavaco Silva. Ora, o Sr. Silva, a escassos meses de abandonar o cargo, não se coibiu de deixar uma ameaça no ar: a demissão do Governo agora empossado, mesmo não podendo dar posse a qualquer outro que seria de imediato inviabilizado pela Assembleia da República. Dito por outras palavras, o que Cavaco deixou implícito é que está disposto a atirar o país para uma crise profunda se António Costa não fizer o que o ainda Presidente entender. Desta feita caiu por terra mais um mito: o do supremo interesse nacional sempre na boca de sua Excelência o Presidente da República. Na verdade, Cavaco, a par da direita dos negócios, está-se borrifando para o interesse nacional. Os interesses a salvaguardar têm sido e continuam a ser outros.
Assim, ou Costa faz o que o Rei Sol exige ou rua, mesmo que as consequências sejam desastrosas. O que Cavaco diz é que não haverá complacências como houve com o irrevogável.
O que nos vale é que este tormento só dura até dia 9 de Março; o que nos vale é que a velhacaria de Cavaco está prestes a deixar de produzir efeitos no pais; o que nos vale é que os ditos interesses salvaguardados pelo ainda Presidente também temem a instabilidade – má para negócios, sobretudo agora que país acabou transformado numa versão parola de “business friendly”.

Como já aqui disse, marquem nas vossas agendas o dia 9 de Março – vai ser uma festa de arromba!

Sem comentários: