quinta-feira, 23 de abril de 2015

Semelhanças entre PS e PSD

Depois de um grupo de economistas terem apresentado o cenário macroeconómico que servirá de base ao programa do PS, percebe-se que existem, ainda assim, acentuadas semelhanças entre o que um sugere e o que o outro sugere, executou e pretende continuar a executar, eventualmente ainda com maior veemência.
A semelhança mais inquietante prende-se com a rejeição de qualquer proposta que vise uma reestruturação da dívida. De igual modo, pretende-se cumprir, sem discussão, o Tratado Orçamental.
Ora, o Partido Socialista, à semelhança do PSD e CDS nos últimos quatro anos, insiste na mesma receita, rejeitando alternativas. É certo que nada está fechado com a apresentação do cenário macroeconómico, mas também é verdade que o mesmo serve de base às políticas preconizadas pelo PS. Estas semelhanças entre PS e PSD são sinais inquietantes; sinais de que nada de substancial mudará nos próximos anos. insiste-se assim na receita da austeridade e do empobrecimento, enquanto se assiste ao aumento da dívida e se acomoda à ideia de escravatura para décadas.

Em suma, as semelhanças entre ambos os partidos existem e quanto ao PS essas semelhanças em concreto dificultam uma possível aliança com os partidos situados mais à esquerda do espectro político.

Sem comentários: