quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Uma lição de democracia

Democracia – uma palavra que anda nas bocas de tantos, porém quando o povo grego dá uma verdadeira lição de democracia, o conceito perde força e dá lugar a uma azia indisfarçável.
Uns relembram as responsabilidades; outros apostam nas generalizações invariavelmente abusivas em torno de todo um povo; e há ainda aqueles que associam as políticas do partido vencedor, o Syrisa, a um “conto de crianças”, isto dito pelo responsável pelo empobrecimento atroz a que o país foi sujeito – não um conto, mas a realidade que está a destruir o país.
Seja como for, e minudências dos habituais protagonistas insignificantes à parte, o povo grego brindou a Europa com uma incomensurável lição de democracia: a mudança que tantos almejavam foi conseguida através do voto, com transparência, consciência e, por muito que custe a alguns, responsabilidade. Um sinal que o país que tantos acusam de irresponsabilidade, mostra ser precisamente o contrário.

A mudança chegou através da democracia. Uma lição para a Europa, sobretudo para as lideranças políticas que através das políticas falhadas de austeridade não têm feito outra coisa que não seja enfraquecer as democracias. Esta não será, infelizmente, uma lição ao alcance de todos. Por cá, alguns precisam primeiro de aprender a pronunciar o nome “do partido que venceu as eleições na Grécia”, isto se a arrogância do costume o permitir.

Sem comentários: