terça-feira, 10 de setembro de 2013

Cobertura da campanha eleitoral autárquica

Com as eleições autárquicas a aproximarem-se sabe-se agora que os canais de televisão não farão a cobertura das eleições, nem tão-pouco haverá lugar a qualquer debate. Os vários canais de televisão acusam a CNE de fazer uma "interpretação restritiva da lei". Recorde-se que a lei impõe que todas as candidaturas tenham igual tratamento. Há claramente um constrangimento dos meios dos próprios canais de televisão.
Ora, o debate político, sobretudo em Portugal, faz-se na comunicação social. Este é o espaço privilegiado para esse debate.
Não deixando de se reconhecer as dificuldades dos próprios canais de televisão - obrigados a dar igual cobertura a todos os candidatos -, não se pode deixar de questionar se este não será mais um sinal de enfraquecimento da própria democracia que abarca em si própria o espaço do debate e do pluralismo de opinião. Recorde-se que esta ausência de cobertura das televisões é um facto inédito nos quase 40 anos de democracia.

Sem comentários: