segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Autárquicas


O resultado das eleições autárquicas foi desastroso para o PSD, mesmo que várias vozes do partido e comentadores que nutrem simpatias pela actual governação tenham encetado esforços no sentido de disfarçar a magnitude da derrota. Lisboa surpreendeu pela dimensão da vitória de António Costa; o Porto surpreendeu pela dimensão da derrota de Luís Filipe Menezes.
Porém, as surpresas não se ficaram pelo continente: na Madeira, a derrota do PSD é notória.
Assim, seria de se esperar uma vitória retumbante do PS. Não terá sido bem assim, o PS acabou por perder câmaras de dimensão considerável.
Um dos grandes vencedores terá sido a CDU que consegue um excelente resultado.
Oeiras continua a causar apreensão, mostrando a força do caciquismo, mesmo com um rosto diferente.
De um modo geral, o PSD é o grande derrotado da noite - uma noite difícil para tantos que perderam o lugar. As eleições de ontem também serviram, em muitos casos, para mostrar o descontentamento que se generalizou relativamente às políticas do actual Executivo. A noite de ontem terá sido um forte sinal de que o Governo está sozinho, refém da sua incompetência e de Paulo Portas, amarrado a uma ideologia nefasta e nada consonante com o bem comum.

Sem comentários: