quarta-feira, 22 de maio de 2013

Os desabafos de um pai

Em entrevista ao jornal I, o pai de Pedro Passos Coelho, sublinha ter avisado o filho para os perigos da política e que "vão fazer uma festa quando ele se livrar disto" e que o seu próprio filho "está morto por se livrar disto". A manchete do I é apelativa "Pai de Passos aconselha filho a demitir-se", acrescentando - palavras do pai: "isto não tem conserto, entrega isto".
Não me parece que as palavras do pai de Passos Coelho mereçam grandes comentários, afinal de contas trata-se do pai e há mais emotividade nas palavras do progenitor do que racionalidade.
Seja como for, espera-se que o filho siga os conselhos do pai: demita-se. Entregue isto. O que for. Mas que se demita.

Sem comentários: