quinta-feira, 2 de maio de 2013

A receita

A receita de austeridade falhou. O Governo insiste na aplicação de medidas de austeridade em doses cada vez maiores. Desta feita, caminha-se para o maior corte jamais feito na despesa social, no sentido de corrigir os erros do Governo: os erros nas previsões; os erros subjacentes à inconstitucionalidade das medidas orçamentais; os erros resultantes de negociações bacocas e tristes com as instâncias internacionais.
A receita, todavia, serve os intentos de um Governo que pretende mudar a face do país, despindo-o de apoio social. O alvo é o Estado Social e esse, graças a uma crise que se agudiza, vai conhecendo o seu fim.
As medidas em concreto ainda não são conhecidas. Depois da comemoração do 25 de Abril e do 1º de Maio serão anunciadas. Cortes no Estado Social, mais desemprego, mais precariedade, mais miséria - o resultado de mais austeridade, em mais um exercício de sadismo que merece ser veementemente combatido.

Sem comentários: