segunda-feira, 15 de abril de 2013

Dívidas

É o assunto do dia. Dívidas. A Chanceler Alemã, Angela Merkel, levanta o tom de voz sempre que o assunto é a dívida.
O tom de voz de Merkel tenderá a descer quando o assunto for a dívida alemã. Duas guerras mundiais, o que sobrou da II Guerra Mundial em compensações de guerra é muito significativo. Os Gregos que o digam.
Segundo um relatório grego, a Alemanha deve mais de 160 mil milhões de euros à Grécia, na sequência da devastação que causou ao país. O ministro das Finanças Alemão, atolado na sua própria arrogância, desvia a atenção para as reformas que os Gregos alegadamente não estão a realizar.
A história das dívidas têm muito que se lhe diga, muito mais do que por aí se diz. No caso Grego, depois de tantas humilhações, depois de exercícios de arrogância por parte do Governo alemão e da comunicação social alemã, depois da total obliteração do conceito de solidariedade, a Alemanha poderá ter de ver este assunto resolvido nos tribunais internacionais, correndo o risco de se ver forçada a pagar pela devastação que causou a países como a Grécia.
Nunca é demais sublinhar o menosprezo que tem recaído sobre a História e as suas lições. Aqui está um primeira factura que, se espera, seja paga pela Alemanha.

Sem comentários: