quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Os últimos a saber

As medidas alternativas à famigerada e defunta TSU foram conhecidas, em primeira mão, pela famigerada (e esperamos que brevemente defunta) Troika, sem que os partidos da oposição e os parceiros sociais as conhecessem. Dito por outras palavras, o primeiro-ministro não deu cavaco a ninguém para além da Troika. Seremos os últimos a saber.
A postura não é inédita, no passado recente assistimos ao mesmo filme, com o principal protagonista deste mais recente filme a criticar o seu antecessor. Curioso.
Esta posição assumida pelo Governo diz muito da sua postura em relação aos Portugueses. Afinal de contas, quem merece as explicações do Governo são os credores, o resto que tenha paciência.
Hoje o ministro das Finanças dará a conhecer ao país - finalmente - as tais medidas que os credores já conhecem.

Sem comentários: