terça-feira, 17 de julho de 2012

Para onde vai a Síria?

A violência na Síria medra a cada dia que passa. A revolta não cessa e a solução do regime passa pela mais abjecta repressão. Agora um diplomata Sírio que se afastou do regime de Bashar al-Assad afirma que o Presidente Sírio não coibirá de utilizar armas químicas se sentir encurralado pelo povo.
A situação não podia ser mais preocupante. A violência e a morte de civis são diárias. O regime de al-Assad mantém toda a intransigência, recusando abandonar o poder.
A comunidade internacional mostra toda a sua incapacidade em contribuir para a resolução do problema. A Rússia, tradicional aliado da Síria, mantém a sua posição de também tradicional bloqueio.
Entretanto, o sofrimento do povo sírio é inefável. Para onde vai a Síria? Não sabemos. Apenas conseguimos vislumbrar um futuro sombrio e um tempo presente muito difícil de suportar.

Sem comentários: