terça-feira, 1 de março de 2011

Protesto contra a precariedade

Ainda antes de ter lugar em Lisboa e no Porto, o protesto de dia 12 de Março do Movimento Geração à Rasca já é um vencedor. É um vencedor por ter utilizado as redes sociais para chamar a atenção para um problema que condiciona inexoravelmente a vida dos jovens e que compromete o futuro do pais. Os organizadores do protesto merecem a nossa consideração por terem mostrado ao país que a cidadania é muito mais do que cumprir as obrigações fiscais e exercer o direito de voto.
Sejamos realistas: um país cujos cidadãos são pouco participativos na vida colectiva é um país que necessariamente terá mais dificuldades. A democracia também é pluralidade de opinião e a expressão dessa opinião; a democracia também é a organização de cidadãos em torno de um objectivo comum. Não chega expressar o descontentamento em casa onde ninguém nos ouve.
O protesto contra a precariedade é um sinal positivo no meio de tempos manifestamente conturbados. Esperemos que a adesão das pessoas não venha a defraudar este sinal tão positivo.

Sem comentários: