quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Subida do preço do petróleo

Para além da subida de impostos e da diminuição de salários, a subida do preço do petróleo promete ser mais uma dor de cabeça para os Portugueses. Segundo várias previsões, o preço do petróleo vai ultrapassar novamente, em 2011, a barreira dos 100 dólares. A isto acresce a verdadeira roubalheira que existe em Portugal no que toca aos combustíveis. Com o custo de vida a aumentar, o aumento do preço do petróleo era só o que faltava para compor o quadro cada vez mais completo de dificuldades.
Todavia, a subida do preço do petróleo é expectável. Tudo aponta para que cada vez se torne mais caro: a sua diminuição, a dificil extracção em locais onde ainda existem reservas, o aumento do consumo de países como a China. A procura aumenta e poderá aumentar desmesuradamente.
No caso português, a situação é particularmente complexa. Embora existam fortes sinais de mudança, como é o caso dos veículos eléctricos, essa mudança ainda demorará a ser uma realidade palpável e até lá cidadãos e empresas terão que suportar novos aumentos, para muitos incomportáveis. Acresce uma carga fiscal elevada e a pouca transparência do sector para tornar tudo ainda mais complexo. O aumento do preço do petróleo poderá pôr em causa a recuperação de muitos países, Portugal naturalmente incluído.

Sem comentários: