quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Obama e eleições

Barack Obama desdobra-se em deslocações de apoio a democratas que concorrem para a Câmara dos Representantes e para o Senado. As eleições de Novembro são o teste que Obama dificilmente conseguirá passar. A ideia que muitos Americanos têm da Administração Obama não é a melhor: a recuperação económico ainda não é uma realidade e muitos Americanos estão prontos para penalizar o Presidente e o seu partido, dando claro benefício ao partido que mais contribuiu para a crise que começou precisamente nos EUA.
Ao que tudo indica, as pessoas esquecem rapidamente o que esteve subjacente à crise e quem acaba por pagar injustamente a factura é uma administração que apesar das óbvias dificuldades inerentes a um modelo económico muito consolidado e assente na divinização dos mercados, tem tentado dar novo lançamento à economia, procurando seguir outro caminho.
O mais grave é que não se aprendeu nada com a crise e, por aquilo que se depreende da vontade de muitos Americanos, há uma tentação de se regressar às políticas que deram origem ao descalabro das economias mundiais.

Sem comentários: