quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Santana Lopes

Tudo indica que Pedro Santana Lopes possa ser a escolha da liderança do PSD para a Câmara de Lisboa. Mas essa escolha não será, seguramente, consensual. E além disso, a líder do PSD tem um passado muito negativo relativamente a Santana Lopes, o torna essa hipotética escolha como factor de fragilização da actual liderança.
Com efeito, Manuela Ferreira Leite, em entrevista à TVI, denotou grande nervosismo quando o assunto foi abordado. Entre gaguejos e hesitações, Ferreira Leite mostrou novamente as dificuldades que tem ao nível da comunicação.
Por outro lado, a possível escolha de Santana Lopes para Lisboa levanta outros problemas. Dentro do PSD, são muitas as vozes que se levantam contra esta possível nomeação, isto apesar de Pedro Santana Lopes reunir muitos apoios no seio do PSD. Mas talvez o mais oneroso nesta escolha seja o passado político (e não só) de Santana Lopes. A palavra “derrota” tem estado indissociavelmente ligada ao currículo político de Santana Lopes nos últimos anos.
Ainda assim, há quem acredite nas repercussões positivas que podem advir da escolha Santana Lopes para Lisboa. Muitos acreditam numa possível vitória de Santana Lopes contra António Costa, o actual Presidente da Câmara de Lisboa. De qualquer modo, a verdade é que Santana Lopes no centro das atenções políticos, independentemente do já referido passado político. Santana Lopes, não sendo um político consensual dentro do seu próprio partido e tendo em cima de si o anátema da derrota, levanta mais problemas do que soluções. Ferreira Leite lá terá de explicar porque razão Santana Lopes não serviu num passado recente e serve agora.

Sem comentários: