segunda-feira, 29 de setembro de 2008

O próximo debate

Depois do primeiro debate, que pôs frente-a-frente os candidatos presidenciais, Barack Obama e John McCain, segue-se o debate entre os candidatos à Vice-Presidência, Joe Biden e Sarah Palin. Este debate será seguramente interessante, muito graças à curiosidade em torno da desconhecida Sarah Palin.
Do debate entre os dois candidatos à presidência dos EUA saiu um empate, pese embora algumas sondagens terem dado a vitória a Obama. Mas o debate entre os candidatos à Vice-Presidência não vai ficar para trás, no que diz respeito ao interesse.
Joe Biden, o candidato democrata, domina amplamente assuntos de política externa e tem uma experiência política sem paralelo com Sarah Palin. Em entrevistas anteriores, Sarah Palin mostrou desconhecer praticamente tudo, em particular no que diz respeito à chamada doutrina Bush e em matéria de política externa. Vai ser curioso ver o desempenho da candidata republicana.
Parece-me que o debate vai muito desfavorável a Palin que, recentemente, encontrou-se com líderes mundiais, e abordou mais assuntos pessoais, designadamente numa troca inaudita de experiências sobre os filhos, do que propriamente assuntos políticos e de interesse para os Estados Unidos. Convém referir que Palin reuniou-se com o Presidente do Afeganistão e da Colômbia – países directamente envolvidos com os EUA.
É assim que Sarah Palin pretende exercer o cargo de Vice-Presidente dos EUA? Ou até mesmo – não se pode excluir essa hipótese – de Presidente dos Estados Unidos?
No cômputo geral, a candidata republicana à Vice-Presidência dos EUA não tem muito para oferecer ao povo americano, exceptuando alguns preconceitos e uma ideologia que continua, teimosamente, a agradar a uma parte da sociedade americana. Esta candidata não está preparada para desempenhar as funções de Vice-Presidente dos EUA, e o debate de dia 2 de Outubro vai seguramente mostrar isso mesmo.

Sem comentários: