quinta-feira, 24 de julho de 2008

O regresso da Guerra Fria 2

Hugo Chávez, entretanto, desmentiu a notícia, veiculada pela agência noticiosa russa Interfax, que dava conta das intenções do Presidente venezuelano de convidar a Rússia a instalar bases de mísseis em território venezuelano. O que seria vista como sendo uma nítida resposta às intenções americanas de instalarem um escudo de defesa anti-míssil na República Checa e na Polónia.
É estranha, porém, a forma como uma agência noticiosa russa cita o Presidente venezuelano, por diversas vezes, a reiterar o convite à Rússia, mostrando total disponibilidade para receber “calorosamente” as Forças Armadas Russas. Chávez terá, inclusivamente, feito uma comparação com Cuba.
De qualquer forma, o Presidente venezuelano desmentiu a notícia. Espera-se que haja alguma veracidade no desmentido de Hugo Chávez. Além do mais a retórica a raiar o belicismo não augura nada de bom; mesmo vinda de um líder ruidoso como Hugo Chávez.

Sem comentários: