quinta-feira, 3 de julho de 2008

Libertação de Ingrid Betancourt

A libertação de Ingrid Betancourt, refém há mais de seis anos pelas FARC, é indubitavelmente uma surpresa muito agradável. O Presidente colombiano está de parabéns não só por ter conseguido libertar Ingrid e outros reféns, mas também porque a operação decorreu sem derramamento de sangue.
Esta libertação representa igualmente uma forte machadada para as FARC que perdem assim a refém mais importante. Apesar da adopção de métodos terroristas das FARC, a verdade é que ainda há quem considere que este tipo de organização procura legitimamente chegar ao poder, mesmo que o faça contra qualquer principio democrático e que recorra ao tráfico de armas e drogas para financiar a sua causa. O sonho romantizado da luta da guerrilha, não passa de um pesadelo para quem, como Ingrid Betancourt, não se coibia de falar verdade e nunca abdicou de denunciar a corrupção e outros crimes.
Enfim, apesar da cegueira de alguns, a libertação de Betancourt é uma excelente notícia para uma mulher que pagou a factura de falar a verdade e mostrar uma audácia e resiliência extraordinárias. O Governo colombiano está de parabéns por ter encetado inúmeros esforços no sentido de libertar Ingrid Betancourt, assim como aqueles que se empenharam nessa missão, destacando-se o Presidente francês, Nicholas Sarkozy.

Sem comentários: